Nova Clinica Luz - Sinusite Crônica

Notícias

A sinusite crônica, que é a inflamação da mucosa dos seios da face, é caracterizada pela permanência dos sintomas da sinusite, como dor na face, dor de cabeça e tosse por, pelo menos, 12 semanas consecutivas.

Sinusite Crônica

A sinusite crônica, que é a inflamação da mucosa dos seios da face, é caracterizada pela permanência dos sintomas da sinusite, como dor na face, dor de cabeça e tosse por, pelo menos, 12 semanas consecutivas.  

Geralmente, é causada por bactérias resistentes, pelo uso anterior de antibióticos em excesso ou pelo tratamento incorreto de uma sinusite, assim como por rinite alérgica mal controlada, alterações nas vias respiratórias, como desvio do septo, ou imunidade enfraquecida.

Seu tratamento inclui a lavagem nasal com soro fisiológico e o uso de remédios como antibióticos, anti-alérgicos ou corticóides, prescritos pelo otorrino, de acordo com a causa da inflamação. Em alguns casos, uma cirurgia para drenagem do muco acumulado e ou para correção de alterações do septo nasal ou retirada de nódulos pode ser recomendada para permitir a cura da doença.

É muito importante que a sinusite seja tratada adequadamente, pois existe o risco de surgimento de complicações como crises de asma, pneumonia, meningite, infecção dos olhos ou, até, abscessos cerebrais.

Como é feito o tratamento

Para tratar a sinusite crônica, o otorrino pode indicar o uso de remédios como:

Antibióticos;

Mucolíticos e descongestionantes;

Anti-inflamatórios ou corticóides;

Antialérgicos;

Corticóides nasais;

Lavagem nasal com soro fisiológico ou preparações de água e sal.

Nebulização com vapor de água ou soro fisiológico para fluidificar as secreções;

Durante o tratamento da sinusite crônica, é recomendado o acompanhamento com o otorrino para investigar a causa da inflamação. Assim, apesar do diagnóstico da sinusite aguda ser feito através da avaliação clínica do médico e não precisar de exames, na sinusite crônica podem ser necessários exames como tomografia computadorizada da face, endoscopia nasal e coleta de amostras de secreções nasais para identificar o microorganismo e a causa exata do problema.

Sintomas da sinusite crônica

Os sintomas da sinusite crônica duram mais do que 12 semanas, e podem acontecer após 1 ou vários episódios de sinusite aguda, em que há febre, dor no corpo e intensa secreção nasal. Na fase crônica, os principais sintomas são:

Dor na face ou dor de cabeça que piora ao abaixar a cabeça ou deitar; Dor persistente localizada nas maçãs do rosto, ao redor do nariz e em volta dos olhos; Secreção pelo nariz, de cor amarelada ou esverdeada; Sangramentos pelo nariz; Sensação de pressão dentro da cabeça, obstrução do nariz e ouvido e tontura; Tosse crônica, que piora ao deitar; Mau hálito constante.

Além disso, quando a sinusite tem causa alérgica ou acontece em pessoas com histórias de alergia ou rinite, pode haver crises de asma, coceira no nariz e garganta, além de piora dos sintomas quando contato com substâncias como poeira.

Principais causas

A sinusite cônica é mais comum em pessoas que:

Fizeram tratamento incorreto de outras sinusites agudas;

Utilizaram antibióticos de forma errada ou desnecessária, repetidas vezes;

Têm asma ou rinite alérgica intensa ou mal controladas;

Têm refluxo gastroesofágico;

Apresentam uma imunidade enfraquecida, como portadores de HIV, usam corticóides de forma crônica ou diabéticos descontrolados;

Tiveram uma internação hospitalar ou passaram por cirurgias recentes;

Sofreram uma pancada na face;

Têm alterações nas vias aéreas, como desvio de septo, pólipos nasais ou hipertrofia dos cornetos do nariz.

Assim, para se evitar um quadro de sinusite crônica ou para que ela seja tratada adequadamente, é muito importante resolver estas situações.

Caso tenha alguma dúvida, entre em contato com a Nova Clínica Luz. 

Joomla contact form by 123FormBuilder